Preciso atualizar o sistema operacional dos computadores da empresa?

 em Gestão de TI

Atualizar os sistemas operacionais, aplicativos ou softwares é uma das principais práticas de manutenção para garantir a estabilidade e desempenho dos computadores de sua empresa.

Muitos usuários, porém, evitam ao máximo e postergam a atualização achando que é desnecessária, demorada e é inoportuna. Outros, ainda se apoiam no mito de que a atualização pode comprometer o funcionamento e performance de seus equipamentos.

É importante desconstruir esse pensamento, especialmente dentro das empresas onde bom desempenho e a segurança da informação são fundamentais para o sucesso do negócio.

Porque atualizar os sistemas operacionais de sua empresa?

A principal razão para atualizar os sistemas operacionais de sua empresa é a segurança.

Diariamente novas ameaças são criadas com o objetivo de explorar falhas e vulnerabilidades dos sistemas. Um exemplo disso é que somente em 2016, havia aproximadamente 580 milhões de vírus ou programas maliciosos circulando pela internet, segundo a consultoria norte-americana AV-Test.

Mesmo com o grande investimento realizado por fabricantes e desenvolvedores de aplicações, sistemas e softwares, algumas brechas de segurança só são identificadas quando os usuários finais já estão usando os programas.

São essas vulnerabilidades que vírus e softwares maliciosos acabam aproveitando para roubar, sequestrar ou destruir informações.

Ou seja, se antes acreditava-se que apenas o comportamento do usuário poderia gerar falhas na segurança, agora sabe-se que falhas nos programas, sistemas e softwares também podem abrir brechas e criar vulnerabilidades.

A saída encontrada pelos fabricantes foi liberar constantemente as atualizações que visam melhorar a usabilidade dos programas e aumentar a proteção dos sistemas.

Logo, o próprio sistema, quando atualizado, pode ser visto como uma “proteção externa”. Vale lembrar que o uso de antivírus, firewalls e soluções afins continuam sendo boas barreiras, mas não devem ser vistas como as únicas defesas para sua TI.

Será que a atualização de softwares é de fato importante? 

Se você ainda não está convencido da importância em manter seu ambiente “up to date”, ou atualizado, separamos três dados que ilustram bem o impacto financeiro que os vírus ou códigos maliciosos podem causar para as empresas.

Segundo o FBI, no primeiro trimestre de 2016, as empresas gastaram 209 milhões de dólares com ataques cibernéticos. Já a revista CIO, estima que em 2017 os resgates pagos aos desenvolvedores de ransomware deve chegar a 5 bilhões de dólares em todo o mundo.

Um exemplo bem recente do impacto gerado pela não atualização dos sistemas operacionais de servidores e estações de trabalho foi a falha explorada pelo ransomware conhecido como WannaCry. Ele explorava uma vulnerabilidade do sistema operacional Windows corrigida pela Microsoft em 14 de março de 2017. Ainda assim, estima-se que o WannaCry infectou mais de 200 mil computadores e gerou aproximadamente 170 mil reais para seus idealizadores no dia 12 de maio de 2017.

Logo, a prevenção por meio da atualização pode ser uma estratégia de segurança com excelente relação custo-benefício para a sua empresa, não é mesmo?

Como uma empresa terceirizada de TI pode me ajudar?

A terceirização de TI é capaz de resolver as questões relacionadas à área de segurança e atualização de sistemas, programas, aplicativos e softwares. Desde que trabalhe com processos estruturados de TI, um bom parceiro conseguirá monitorar quais máquinas estão atualizadas, quais atualizações precisam ser instaladas e até agir proativamente em caso de falhas ou de problemas na instalação de pacotes de atualização.

Um prestador de serviço pode programar para que as atualizações ocorram de forma automática sempre que correções sejam lançadas. Também pode configurar seus equipamentos para realizar as atualizações em horários que não comprometam a produtividade de seus colaboradores.

A última vantagem é que o parceiro pode “forçar” seus usuários a realizar a atualização de suas estações, por meio de um programa que limita o tempo que uma máquina pode ficar sem ser reiniciada após receber um pacote de atualização.

Além disso, um serviço terceirizado pode oferecer suporte para a resolução de falhas que porventura venham a ocorrer.

Com isso, os impactos negativos a seu negócio por vulnerabilidade e defasagens dos softwares são minimizados.

Confira em nosso blog 4 motivos para terceirizar o TI da sua empresa.

Não deixe que antigas crenças impeçam o usuário de atualizar os sistemas operacionais e coloque sua empresa em risco.

Gostou deste artigo? Continue acompanhando nosso blog para saber mais sobre a tecnologia da informação e seus impactos em sua empresa.

Até a próxima!

Recommended Posts